O que é: Fissuras Palatoplalatinas

Escrito por em Outubro 8, 2023
Junte-se a mais de X pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O que é: Fissuras Palatoplalatinas

A fissura palatoplalatina, também conhecida como fissura palatina ou lábio leporino, é uma malformação congênita que afeta a formação do lábio superior e/ou do palato, resultando em uma abertura na parte superior da boca. Essa condição ocorre durante o desenvolvimento fetal, quando os tecidos que formam o lábio e o palato não se fundem corretamente. A fissura palatoplalatina pode variar em gravidade, desde uma pequena abertura no lábio até uma fenda que se estende até o nariz.

Causas da Fissura Palatoplalatina

A causa exata da fissura palatoplalatina ainda não é totalmente compreendida, mas acredita-se que seja uma combinação de fatores genéticos e ambientais. Alguns estudos sugerem que certos genes podem aumentar a suscetibilidade a essa malformação, enquanto outros fatores, como a exposição a certos medicamentos durante a gravidez, podem aumentar o risco. Além disso, fatores como deficiências nutricionais, tabagismo, consumo de álcool e infecções durante a gravidez também podem desempenhar um papel no desenvolvimento da fissura palatoplalatina.

Tipos de Fissura Palatoplalatina

A fissura palatoplalatina pode ser classificada em diferentes tipos, dependendo da localização e extensão da abertura. Os principais tipos de fissura palatoplalatina são:

Fissura Labial

A fissura labial é uma abertura no lábio superior, que pode variar em tamanho e extensão. Pode ser unilateral, afetando apenas um lado do lábio, ou bilateral, afetando ambos os lados. Além disso, a fissura labial pode ocorrer isoladamente ou em combinação com uma fissura no palato.

Fissura Palatina

A fissura palatina é uma abertura no palato, que pode variar em tamanho e extensão. Pode afetar apenas o palato mole, a parte posterior do palato, ou se estender até o palato duro, a parte anterior do palato. A fissura palatina pode ocorrer isoladamente ou em combinação com uma fissura labial.

Fissura Palatoplalatina Completa

A fissura palatoplalatina completa é uma condição mais grave, em que há uma abertura tanto no lábio superior quanto no palato. Essa forma de fissura pode afetar a alimentação, a fala e a audição da criança, exigindo intervenção médica e cirúrgica.

Diagnóstico da Fissura Palatoplalatina

O diagnóstico da fissura palatoplalatina geralmente é feito logo após o nascimento, durante o exame físico do recém-nascido. O médico pode identificar a abertura no lábio ou no palato e encaminhar o bebê para um especialista em fissuras craniofaciais. Além disso, exames de imagem, como radiografias e ressonâncias magnéticas, podem ser realizados para avaliar a extensão da fissura e planejar o tratamento adequado.

Tratamento da Fissura Palatoplalatina

O tratamento da fissura palatoplalatina geralmente envolve uma equipe multidisciplinar, composta por cirurgiões plásticos, ortodontistas, fonoaudiólogos e outros profissionais de saúde. O objetivo do tratamento é corrigir a abertura no lábio e/ou no palato, restaurar a função normal da boca e melhorar a estética facial.

Cirurgia de Reparo

A cirurgia de reparo da fissura palatoplalatina é geralmente realizada nos primeiros meses de vida da criança. Durante a cirurgia, os tecidos do lábio e/ou do palato são reposicionados e suturados para fechar a abertura. Em alguns casos, pode ser necessária mais de uma cirurgia para obter os melhores resultados estéticos e funcionais.

Tratamento Ortodôntico

Após a cirurgia de reparo, a criança pode precisar de tratamento ortodôntico para corrigir problemas de alinhamento dos dentes e da mandíbula. Isso pode envolver o uso de aparelhos ortodônticos e acompanhamento regular com um ortodontista.

Terapia de Fala

Além da cirurgia e do tratamento ortodôntico, a terapia de fala é essencial para ajudar a criança a desenvolver habilidades de fala adequadas. Um fonoaudiólogo trabalhará com a criança para melhorar a articulação dos sons e a coordenação dos músculos envolvidos na fala.

Considerações Finais

A fissura palatoplalatina é uma condição que requer cuidados médicos especializados desde o nascimento. Com o tratamento adequado, muitas crianças com fissura palatoplalatina podem ter uma vida saudável e funcional. É importante que os pais busquem atendimento médico o mais cedo possível para garantir o melhor resultado para seus filhos.